FILTRAR:


Fonte: Portal Superior Tribunal do Trabalho | Postado em: | Categoria:

TST considera lícita a fiscalização de empregados por meio de câmeras em locais coletivos

Para a Primeira Turma do Tribunal Superior do Trabalho, em recente decisão, o monitoramento no ambiente de trabalho, sem excessos como a utilização de câmeras espiãs ou a instalação em recintos destinados ao repouso ou ainda que possam expor a intimidade dos empregados, como banheiros ou vestiários, insere-se no poder fiscalizatório do empregador.

A exposição dos trabalhadores às câmeras em locais coletivos, permite ao empregador o melhor controle da atividade laboral, sem afetar o núcleo essencial do direito de intimidade dos trabalhadores. O procedimento empresarial não ocasiona significativo constrangimento aos empregados nem revela tratamento abusivo do empregador, quando o monitoramento é feito indistintamente.

Processo: RR-21162-51. 2015. 5. 04. 0014

Para mais detalhes, clique aqui: [https://www.tst.jus.br/web/guest/-/fiscaliza%C3%A7%C3%A3o-de-empregados-por-meio-de-c%C3%A2meras-em-locais-coletivos-%C3%A9-considerada-l%C3%ADcita]

© Cesar Peres Advocacia Empresarial Ltda.


RS | SP | SC
Telefone: (51) 3232-5544
contato@cesarperes.com.br


Membro da:

Logo TMA Brasil

Este site utiliza cookies para garantir uma boa experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossa política de privacidade.